Como fazer corretamente o Dia do Lixo
Dia do Lixo

Dia do Lixo: Como fazer o dia do lixo corretamente?

Dia do Lixo: Como fazer o dia do lixo corretamente?
Avalie esse Post. \\\\o/

O Dia do Lixo é o dia da semana mais aguardado pela maioria das pessoas que realizam dietas restritas com o intuito de emagrecer. Vamos entender porque esse dia pode ser um aliado da nossa dieta e como ele influência o metabolismo durante a realização dela.

Quando fazemos dieta restrita é normal sentirmos um pouco de cansaço e indisposição na primeira semana, isso se deve a adaptação do nosso organismo à menor quantidade de alimentos e, por consequência, menor quantidade de energia. Porém, esta é uma adaptação passageira, onde após a primeira e segunda semanas de dieta você irá desfrutar do sentimento de leveza que tanto espera. Ou seja, depois das primeiras semanas você consegue seguir a dieta sem muito esforço quando comparamos ao seu início, esse fator se dá pela diminuição dos níveis de Leptina (hormônio que atua como regulador da fome e do metabolismo no organismo) e também de insulina, o que diminui a vontade por doces, além de melhorar a lipólise.

Refeição do dia do lixo
“Refeição Lixo”

Mas chega um momento em que entramos num platô e a perda de peso fica cada vez mais difícil, pois os estímulos são os mesmos durante todas as semanas da dieta. É como se o seu corpo acostumasse com aquela rotina de alimentação e dificultasse a perda de peso nas semanas posteriores.

Para não estagnar o resultado da dieta recorremos ao famoso “dia do lixo” que, na minha concepção, deve ser apenas “UMA REFEIÇÃO DO LIXO” realizada em um único dia da semana e a partir do final da segunda/terceira semana de dieta. O ideal é aguardar um período de 15 a 20 dias para a realização de uma refeição livre.

Leia mais: Conheça o moderador de apetite “Monaliz – Meu Controle!”

Função do dia do Lixo

O intuito desta refeição, QUE DEVE SER MODERADA, é fazer com que o nosso metabolismo não entre em homeostase, ou seja, queremos dar um ”susto” nele no que se refere à digestão e ingesta calórica.Ela também nos deixará mais “felizes”.

Quando realizamos essa refeição não rotineira conseguimos acelerar ainda mais o processo de emagrecimento por dois motivos:

  • nosso corpo entende que ingerimos uma quantidade maior que a usual e se esforça muito para tentar digerir e absorver a grande quantidade de energia consumida; e também (aí está o lado bom) porque como estávamos em dieta por algumas semanas o corpo não consegue se readaptar nessa única refeição, assim não absorve a totalidade de gorduras e kcal que aquele alimento ”lixo” provocaria caso você não estivesse em dieta.
  • a refeição do lixo colabora para o aumento da atividade tireoidiana acelerando o metabolismo.

Como fazer o dia do lixo da Maneira correta?

O ideal é que o ”dia do lixo” não se torne algo rotineiro e deve-se evitar realizá-lo em todas as semanas, pois pode-se criar um hábito errado de ”recompensa” e colocar em risco todo o planejamento alimentar elaborado pelo profissional. Lembre-se que o ano tem em média 54 semanas, ou seja, se em todo final de semana você fizer uma refeição livre teremos 1/7 do ano de refeições nutricionalmente desequilibradas. Se for realizada em 2 dias na semana teremos 1/3 do ano de consumo alimentar inadequado.

Existem duas maneiras de aproveitar a refeição do lixo:

  • aumentar substancialmente a quantidade de alimentos saudáveis da dieta cerca de 500 a 1.200 Kcal a mais que a refeição usual,
  • realizar uma refeição que não está enquadrada no programa, como pizzas, hambúrgueres, chocolates e etc.
    Ambas as maneiras irão influenciar positivamente.

O que tende a acontecer quando realizamos uma refeição do lixo composta de guloseimas e pratos gordurosos é a retenção hídrica devido ao excesso de sal, mas que normaliza aproximadamente em 3 dias após o retorno à dieta. Por isso é importante o consumo de ÁGUA no dia da refeição livre para aumentar a excreção de sódio.

Conclusão sobre o dia do lixo

A “refeição do lixo” é prazerosa, pois podemos comer o que temos vontade e também colabora com dietas muito restritivas ao criar um ambiente metabólico altamente favorável devido à privação de kcal ocorrida durante a semana. Além disso, por ser uma refeição reservada para mudança de ambiente metabólico estimula o indivíduo a continuar a dieta, visto que acelera a TMB.

Recomendados Para Você:

Check Also

Taurina o que é

Taurina – O que é, para que serve, benefícios, efeitos, faz mal a saúde?

Taurina Suplemento o que é, para que serve, quais são os efeitos e benefícios, emagrece, faz mal, como tomar corretamente, preço e onde comprar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *